Palavra do Presidente

A união das nossas empresas faz a força dos nossos eventos

Presidente Jorge Alves de Souza

O segmento de feiras e eventos profissionais cresce a passos firmes no Brasil já há mais de uma década. Hoje, os eventos são reconhecidos pela sua fantástica capacidade de gerar empregos e desenvolvimento para o país. Por essa razão, é com bastante orgulho que constatamos que as empresas de eventos representadas pelo SINDIPROM-SP são o motor que faz girar 75% do mercado nacional de eventos do país em São Paulo.

As feiras realizadas por nossos associados em São Paulo giram anualmente R$ 1,4 bilhão e geram 120 mil empregos temporários. O SINDIPROM-SP apresenta esses dados de geração de empregos e desenvolvimento para a comunidade e, se hoje as feiras e eventos são vistos como patrimônios de São Paulo, isso se deve muito ao trabalho de esclarecimento do SINDIPROM-SP junto a todas as esferas do poder público e da sociedade civil, incluindo os formadores de opinião da imprensa.

Mas ao SINDIPROM-SP não basta apenas mostrar o quão forte é a categoria econômica que representa. Nosso trabalho diário e ininterrupto se dá para garantir as melhores condições de trabalho para as nossas empresas, para qualificar e profissionalizar o nosso segmento. E não é á toa que nosso sindicato é um modelo de sucesso entre seus pares. Isso acontece porque o SINDIPROM-SP efetivamente consegue obter vitórias para as empresas que representa.

Uma das vitórias está na qualificação dos nossos pavilhões. Se hoje temos em São Paulo pavilhões com padrão internacional (infinitamente superiores aos que tínhamos há poucos anos), é porque o SINDIPROM-SP, representando as empresas de eventos, atuou junto aos centros para que eles oferecessem melhores condições em infraestrutura, equipamentos e serviços. E o SINDIPROM-SP seguirá atuando, sempre de maneira positiva, próativa e produtiva, para que os pavilhões que ainda deixam a desejar um dia atinjam as condições ideais que nossas empresas merecem.

Outra grande conquista para nossas empresas através do trabalho do SINDIPROM-SP em São Paulo foi a alteração da alíquota da COFINS. Há pouco tempo, tínhamos uma COFINS impraticável, que sobretaxava as nossas empresas com alíquota abusiva de 5%. Hoje, as empresas associadas do SINDIPROM-SP recolhem a COFINS sobre a alíquota de 3%. E conquistamos essa vitória graças a um longo trabalho de convencimento dos líderes do poder público, liderado pela FESESP – Federação de Serviços do Estado de São Paulo, à qual somos afiliados.

Para equilibrar outros tributos equivocados e abusivos, que inviabilizam a nossa atividade, o SINDIPROM-SP tem atuado nos últimos quatro anos de forma constante junto a Câmara Municipal de São Paulo, notadamente em relação à TFA – Taxa de Fiscalização de Anúncios e Folhetos e à TFE – Taxa de Fiscalização de Estabelecimentos. Avançamos significativamente nessas questões e seguiremos trabalhando para avançarmos ainda mais, porque ainda existem taxas e penalizações abusivas que nos prejudicam.

Poderia enumerar outras conquistas do SINDIPROM-SP. Mas quero destacar uma vitória que está sendo conquistada dia após dia nesses doze anos: a integração das empresas do nosso segmento. Muitas vezes, promotoras, montadoras, pavilhões e demais empresas têm interesses conflitantes, gerando situações em que posições inflexíveis podem prejudicar todo o segmento. Mas a boa notícia é que hoje estamos mais maduros. E percebemos que pode valer muito a pena dar um passo para trás para, depois, dar dois para a frente junto com o setor.

É graças a essa integração crescente das empresas que estamos conseguindo coordenar ações cruciais para o desenvolvimento do setor, como a criação do Regulamento Único de Montagem e a adoção do CECAM (Certificado de Capacitação de Montadoras e Prestadoras de Serviços para Eventos). O CECAM certifica as empresas que atuam regularmente, cumprindo suas obrigações fiscais e trabalhistas. É um marco histórico do avanço da cadeia produtiva do setor de Feiras de Negócios.

Levamos um bom tempo para chegar aqui! Fundamos o SINDIPROM-SP em 1992, para identificar, organizar e representar os interesses da nossa categoria econômica de eventos. E temos tido uma trajetória de sucesso. Hoje, representamos mais de 7.000 empresas do segmento, desde as grandes promotoras e organizadoras, passando pelas montadoras de estandes, as locadoras de equipamentos, as empresas de infra-estrutura, de comunicação visual até as prestadoras de serviços especializadas.

Juntos, estamos construindo um segmento mais forte, coeso e produtivo. E vamos seguir construindo a cada nova feira, a cada novo evento. Afinal, quanto maior a união das nossas empresas, maior a força de cada um de nós!

Jorge Alves de Souza – Presidente
SINDIPROM-SP
Sindicato de Empresas de Promoção, Organização e Montagem de Feiras, Congressos, e Eventos do Estado de São Paulo 


Palavras-chave: presidente, palavra