Jornal OSINDIPROM-SP | Abr/Mai/Jun 2018

PUBLICAÇÃO OSINDIPROM-SP ACESSE WWW. SINDIPROM.ORG.BR 4 A IMPORTÂNCIA DO MANUAL DO EXPOSITOR CONSELHO EDITORIAL Jorge Alves de Souza Presidente do Sindiprom-SP, Gilmar Barbutti Diretor do Sindiprom-SP, Anselmo Carvalho Diretor do Sindiprom/SP, Armando Arruda Pereira de Campos Mello Diretor Superintendente do Sindiprom-SP, Vanessa Guerra, Gerente de Planejamento do Sindiprom-SP, Mariana Couto Assessora de Comunicação e Imprensa, EDITORA RESPONSÁVEL Mariana Couto – MTB 50.705/SP, mariana@sindiprom.org.br PROJETO GRÁFICO E DIAGRAMAÇÃO Rodrigo Cabrera Analista de Mkt do Sindiprom-SP, RELACIONAMENTOWalter Meirinho walter.meirinho@sindiprom.org.br O SINDIPROM SP A publicação do Sindiprom-SP é especializada no setor de infraestrutura de MICE (Meetings, Incentive, Congress e Exihibions) – Reuniões, Eventos, Incentivos, Congresso, Convenções, Exposições e Feiras. As fotos cuja autoria não estiverem identificadas, foram cedidas para divulgação. A publicação é distribuída gratuitamente. É permitida a reprodução parcial ou total das matérias desde que citada a fonte. A publicação do Sindiprom-SP não se responsabiliza pelos conceitos expressos nos artigos assinados. Rua Frei Caneca, 91 - 11º Andar CEP. 01307-001 Consolação - São Paulo/SP (11) 3120-7099 sindipromsp www.sindiprom.org.br sindiprom@sindiprom.org.br EXPEDIENTE por Daniel Galante, Diretor de Operações do São Paulo Expo Muito antes de abrir suas portas para receber os visitantes e dar início às ações que vão gerar negócios e potencializar a indústria nos próximos meses – ou anos, dependendo do setor em questão -, os eventos, sejam eles de pequeno, médio ou grande porte, voltado ao trade ou ao público, passam por um importante processo: A MONTAGEM. É aí, nesse momento crucial, que o manual do expositor aparece como uma ferramenta fundamental para guiar todos os envolvidos no processo, uma vez que evita erros e os indesejados retrabalhos que podem atrasar e impactar os custos. É por meio do documento que os contratantes conhecem todas as potencialidades, recursos e características do espaço que podem contribuir na melhor estruturação de seu evento, ganhando tempo e condições de criar as soluções perfeitas para seus expositores. O conhecimento do Manual do Expositor é também crucial para A DESMONTAGEM, outro processo importantíssimo em qualquer evento. Desmontar todas as estruturas de forma rápida, eficiente e de maneira que nenhum dos produtos expostos corra qualquer risco é primordial. No São Paulo Expo, por exemplo, recebemos ações de todos os setores da economia, passando por tecnologia, máquinas, equipamentos e automóveis. A quantidade, valor e importância dos artigos aqui apresentados são incalculáveis. Por isso, é fundamental que os contratantes tenham perfeitas condições para retirar de maneira prática e segura tudo o que foi levado aos pavilhões. Por meio do Manual do Expositor é possível entender todas as facilidades oferecidas pelo centro de exposições e convenções para que esse processo ocorra sem qualquer dificuldade. Como o calendário de eventos é bem concorrido no Brasil, especialmente em São Paulo, a desmontagem deve seguir à risca um cronograma para que não exista a possibilidade de se chocar com a montagem de uma próxima feira, por exemplo. Conhecer bem os acessos, restrições de horários e bolsões de espera para caminhões e quemprocurar em qualquer emergência pode significar economia de tempo e recursos em todo o processo logístico. Para além da montagem e desmontagem, o Manual do Expositor traz ainda informações gerais, passando por instalações, serviços disponíveis e segurança. Não por acaso, um evento de sucesso passa obrigatoriamente pelo conhecimento e entendimento desse documento. Conheça as Características técnicas que tornaram o São Paulo Expo o Principal destino de Eventos da América Latina • 90 mil m² de áreas internas com poucas colunas, proporcionando melhor aproveitando de área; • Instalações elétricas, hidráulicas, ar comprimido, telefonia e internet distribuídos em canaletas subterrâneas; • Capacidade de suspensão de estruturas aéreas com até 50 kg; • Doca de carga e descarga – porta 8m x 8m; • 3 mil kg de capacidade de piso; • Bolsões de espera para caminhões; • Fora do perímetro de rodízio municipal e facilidade de acessos. REGISTRO DE MARCAS E PATENTES NO SETOR DE EVENTOS O profissional Cesar Peduti Neto, da Peduti Marcas e Patentes Brasil e Exterior responde: 1. Qual a importância das patentes e registro de marcas? Em especial, no mercado de stands? A grande importância do registro de marca e de patentes é a garantia de uso exclusivo sobre uma determinada marca ou um determinado produto, fruto de investimento em novas tecnologias. Em um mercado altamente competitivo como o de stands, onde se verifica mais de 800 feiras realizadas anualmente é um poderoso instituto jurídico junto aos concorrentes e mercado em geral. 2. Qual o processo de registro de marcas e patentes? O processo tanto de marca e patente em rigor se inicia com a contratação de um especialista em direito de propriedade industrial para que o represente junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial – INPI, Autarquia Federal responsável pelo processamento e concessão de registros de marcas, patentes e desenhos industriais. A análise preliminar realizada por um profissional habilitado é um dos passos mais importantes, pois desta é possível se extrair a possibilidade de êxito ou não sobre a aquisição de tão relevante direitos. SAIBA MAIS

RkJQdWJsaXNoZXIy MjE0MDEx