1

Calendário Ubrafe 2015: Mensagem do Ministro de Estado do Turismo

O investimento no turismo de negócios foi uma decisão estratégica que tem se mostrado acertada ao longo dos últimos anos. A Copa do Mundo veio coroar a opção que o país tem feito em apostar nesse segmento. Chegamos ao final de um dos maiores eventos da história do Brasil com resultados econômicos e de ganho de imagem espetaculares.

Ministro do Turismo, Vinicius Lage

O investimento no turismo de negócios foi uma decisão estratégica que tem se mostrado acertada ao longo dos últimos anos. A Copa do Mundo veio coroar a opção que o país tem feito em apostar nesse segmento. Chegamos ao final de um dos maiores eventos da história do Brasil com resultados econômicos e de ganho de imagem espetaculares. Registramos uma exposição inigualável na mídia internacional, altos índices de aprovação de turistas brasileiros e estrangeiros. 

A receita cambial do turismo foi recorde histórico para o mês de junho e, no total, considerando junho e os 23 primeiros dias de julho, os gastos dos visitantes chegaram a US$ 1,4 bilhões. Recebemos turistas de 203 nacionalidades que permaneceram em média por 13 dias e estiveram em 378 municípios. Além disso, mais de três milhões de brasileiros circularam pelo país, gerando oportunidades nos vários segmentos da economia durante o mundial.

A experiência acumulada durante a Copa e a projeção alcançada pelo país mundo afora nos estimulam a pensar em um novo ciclo para o turismo brasileiro. Um momento de avançarmos na construção de políticas públicas e no estímulo à iniciativa privada, mantendo o foco no aumento da competitividade dos nossos produtos e serviços turísticos.

A Copa do Mundo realçou nossas qualidades, mas também mostrou oportunidades e desafios do turismo. Agora é a hora de aproveitar o momento favorável para desatarmos os nós e promovermos um choque efetivo de gestão nesse setor, que tem tudo para tornar-se a nova fronteira do desenvolvimento do Brasil, como num passado não muito distante foi a agricultura.

Para perpetuarmos os ganhos de imagem alcançados com a Copa do Mundo, a promoção do país nos mercados doméstico e internacional é ingrediente fundamental.  Assim, os promotores de eventos e feiras se apresentam como parceiros indispensáveis na construção desta nova era.