1

Entrevista | Marcelo Soares assume a presidência da Abrace Stands

Novo presidente fala sobre expectativas do setor e propostas de sua gestão: “Estreitar relacionamento entre montadoras x promotoras x centros de exposições, de forma a agilizar o processo pré-evento”.

Com experiência de mais de 20 anos na área de eventos e há 10 anos a frente da JMK Design, Marcelo Soares foi eleito no mês de julho, o novo Presidente da ABRACE Stands (Associação Brasileira das Montadoras e Locadoras de Stands), entidade que promove a integração das empresas montadoras e locadoras de stands, contribuindo para melhores condições de trabalho, de segurança e de excelência nos serviços prestados. Integrante do corpo diretivo do conselho da ABRACE desde 2014 e, agora, como Presidente da associação, Marcelo pretende intensificar ainda mais sua atuação e trabalho desenvolvido até aqui.

O Sindiprom-SP conversou como recém-eleito Presidente para saber mais sobre a entidade, propostas de gestão e expectativas do setor. Confira:

1. Quais são as principais estratégias e propostas para sua gestão?
Estreitar relacionamento entre montadoras x promotoras x centros de exposições, de forma a agilizar o processo de pré-evento. Além disso, temos como objetivo estabelecer parcerias para com empresas fornecedoras de serviços e matéria prima para compra coletiva entre as montadoras, a fim de ampliar os benefícios e reduzir custos aos associados através de compras coletivas.

2. Qual a maior preocupação da associação e o que está sendo feito para ajudar?
Nossa maior preocupação gira em torno da informalidade do nosso setor. São centenas de profissionais que se apresentam aos expositores como “montadoras de stands”, porém não atendem aos mínimos padrões para se enquadrar a essa categoria. Gerando assim situação de risco aos eventos além de desvalorização do trabalho de montadoras sérias. Nossa proposta para combater essa informalidade, é estabelecer pré-requisitos junto aos organizadores dos eventos, os quais deverão ser atendidos para que uma empresa esteja apta a executar seu trabalho em determinado evento.

3. Quais ações atuais que a ABRACE está desenvolvendo junto aos seus associados?
- Isenção do pagamento da credencial de acesso para trabalhar em diversas feiras parceiras da entidade;
- Desconto nas diárias em estacionamentos, próximos aos principais pavilhões da cidade de São Paulo;
- Representação junto ao DSV/CET para circulação de caminhões nas zonas de restrição dos caminhões;
- Acesso a palestras e seminários, com descontos: ForEventos, IAEE/CEM, ABNT;
- Acesso a Parceria de produtos e serviços “Clube de Compras de madeira”, com condições especiais;
- Seguro empresarial Montadores - desenvolvido em especial para os empresários do setor; a ser implantado em outubro de 2017.
- Seguro Expositor Abrace com apólice direcionada aos clientes expositores no atendimento as normas e procedimentos das principais promotoras de eventos brasileiros;
- Divulgação de matérias jornalísticas no Portal ABRACE, além de receber dicas e informações do setor;
- Plantão de atendimento, por equipe especializada, para resolver questões e dúvidas.
- Assessoria Jurídica;

4. Como você analisa a atual situação do mercado? E quais as expectativas para os próximos anos?
Como reflexo da crise, o setor de eventos sofreu uma queda significativa nos últimos três anos. Muitas empresas abriram mão de sua participação nos eventos e inúmeras feiras tiveram uma redução expressiva em seu número de expositores, contudo estamos otimistas em relação a 2018, pois já vemos indícios de recuperação e nos últimos meses. Espero que o mercado tenha tirado proveito da crise, que tenha se reinventado e se unido, pois não foi a primeira crise e infelizmente não será a ultima devemos estar preparados e antenados com o dinamismo do setor de eventos.